Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, FORTALEZA, VARJOTA, Homem, de 56 a 65 anos, French, Spanish, Livros, Viagens
MSN -



Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Link
 Evento
 Citação
 Avaliação
 Objeto de Desejo
 estante
 revistas
 curiosidades
 experimentos


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 PISO SALARIAL AGORA JÁ É REALIDADE
 UOL - O melhor conteúdo
 TELMOCIÊNCIAS
 BOL - E-mail grátis
 TELMOTAHAN
 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE
 o torto
 Blog de Attico Chassot
 Tecnocientista
 Luis Nassif
 Blog dos Quadrinhos
 Ciência em dia
 Blog desabafo Brasil
 CONTRAPAUTA
 INTERNETÓPOLIS, O IMPERDÍVEL


 
TELMOQUÍMICA - SEU ALMANAQUE ELETRÔNICO


ATENÇÃO, POR PROBLEMAS TÉCNICOS INSUPERÁVEIS, O BLOG TELMOQUÍMICA VAI MUDAR DE ENDEREÇO. O NOVO EMDEREÇO SERÁ;

http://telmoquimica.blogspot.com

Esperamos ter lá a mesma audiência.

FELIZ ANO NOVO!!!



Escrito por gtelmo às 20h51
[] [envie esta mensagem] [ ]



SUPERINTERESSANTE

 

SUMÁRIO DA SUPERINTERESSANTE DE DEZEMBRO DE 2008

Mar morto

  • Pesca descontrolada, entulho na superfície e trânsito de navios: entenda por que o mar não está para peixe.
  • Cidades à prova do colapso
  • O aquecimento global é um fato: os oceanos vão subir e o planeta vai aquecer. Descubra o que os urbanistas fazem para enfrentar a nova realidade.
  • Sujeirologia
  • Lixo não é só lixo - é também história e cultura. Conheça a ciência que estuda aquilo que ninguém mais quer.
  • Comportamento
  • Guerreiros traumatizados
  • Soldados são treinados para ser máquinas de matar. Mas depois da guerra não conseguem seguir a vida normalmente.
  • Cultura
  • Sobre meninas e lobos
  • Chapeuzinho Vermelho queria encontrar o Lobo Mau, e Cinderela era uma adolescente rebelde. Descubra como a psicologia dos contos de fadas mexe com o nosso inconsciente.
  • Zoom
  • Que fotos são essas?
  • Imagens de Nova York, mas de uma maneira que você nunca viu.
  • Super papo
  • O inglês Tim Jackson explica por que consumo não combina com sustentabilidade.
  • Essencial
  • Ter experiência é muito menos importante do que você imagina.
  • Supernovas
  • A órbita da Terra está cada vez mais poluída. O que fazer com tanto entulho? Descubra aqui.
  • Superrespostas
  • Por que é tão difícil prever o clima? Conheça a dura vida dos meteorologistas.
  • Superfetiche
  • O sanduíche mais caro, o homem mais baixo e o maior anão de jardim do mundo. Veja no Guinness 2009.
  • E se...
  • ...não existisse a monogamia?
  • Pôster
  • Reconheça as oferendas para os orixás



Categoria: revistas
Escrito por gtelmo às 20h11
[] [envie esta mensagem] [ ]





Categoria: Avaliação
Escrito por gtelmo às 21h03
[] [envie esta mensagem] [ ]



ENQUANTO O GOVERNO AUMENTA O NÚMERO DE VAGAS NA UNIVERSIDADE...

PF age contra venda de diplomas falsos em 14 estados

São Paulo - A Operação Cola, deflagrada hoje pela Polícia Federal em 14 estados brasileiros contra a venda de diplomas universitários falsos, via internet, vai cumprir 34 mandados de busca e apreensão, em 54 endereços nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Espírito Santo, Pernambuco, Maranhão, Acre, Pará e Bahia.

Os diplomas falsos seriam vendidos a preço médio de R$ 1.800 cada um, a diversos clientes, em todo o País, que os solicitavam via web. De acordo com a Polícia Federal, os diplomas, entre eles de Medicina, Engenharia, Direito, Enfermagem e Fisioterapia, eram confeccionados em Tangará da Serra, no Mato Grosso. As equipes estão recolhendo os diplomas falsos, documentos, e computadores utilizados na falsificação e comercialização dos mesmos em endereços residenciais e comerciais dos suspeitos.

Solange Spigliatti

A Operação Cola, que começou nesta sexta, acontece em 14 estados.
Um rapaz foi preso, em Mato Grosso, suspeito de produzir os certificados.

Do G1, em São Paulo

A negociação de diplomas falsos vendidos via internet é alvo de uma ação iniciada nesta sexta-feira (14) pela Polícia Federal. A Operação Cola deve cumprir, no total, 34 mandados de busca e apreensão em 14 estados.  

Um rapaz foi detido em Tangará da Serra (MT). Ele é suspeito de produzir os certificados e enviá-los pelos correios. Na casa dele, foram encontrados equipamentos usados na confecção dos documentos.

De acordo com as investigações, que começaram há cerca de um ano, os "clientes" do esquema solicitavam a confecção e o envio de diplomas falsos de universidades públicas e privadas.

 Saiba mais

§                                 » PF combate venda de diplomas falsos pela internet

Os certificados custavam, em média, R$ 1.800 e eram distribuídos em todo o país, por meio do correio. Entre os diplomas estão de medicina, fisioterapia, direito, enfermagem e engenharia.

 

 Editoria de Arte/G1

O uso dos falsos diplomas também vai ser investigado pela Polícia Federal e por órgãos competentes. A punição para quem comprou os documentos deve variar de acordo com o uso dele. Se o dono do certificado exerce a prática da medicina por causa desse documento, por exemplo, a pena pode ser maior.

 

Em Minas Gerais, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão. Uma mulher, suspeita de ter obtido um falso diploma de medicina, foi ouvida. Mas o diploma dela não foi encontrado e ela foi liberada.

 

De acordo com a Coordenação Geral de Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), todos os procedimentos para a emissão e registro de diplomas ocorrem nas instituições. As universidades credenciadas no MEC podem registrar os diplomas dos cursos oferecidos por elas e por instituições não-universitárias, como faculdades.

Segundo o MEC, para verificar se o diploma é autêntico, deve-se acionar a instituição no setor de registro de diploma.

 

Comentário do blog: parece que este país não tem mais jeito. Quando pensamos que já chegamos ao fundo do poço, surge mais um aterrador escândalo. Pode alguém pretender  exercer a profissão de médico usando um diploma falso? No Brasil pode tudo!

 



Escrito por gtelmo às 21h33
[] [envie esta mensagem] [ ]



PROUNI, UMA INOVAÇÃO

 

Primeira leva do ProUni, de 60 mil bolsistas, forma-se este ano

Da redação
Em São Paulo

http://educacao.uol.com.br/ultnot/2008/03/17/ult2738u229.jhtm

·  Lula diz fazer "pequena revolução educacional". Concorda?

No fim de 2008, a primeira leva de estudantes bolsistas do ProUni (Programa Universidade para Todos) concluirá os cursos iniciados em 2005. Serão 60 mil estudantes diplomados, segundo informou o MEC (Ministério da Educação).
Atualmente, 310 mil alunos têm bolsas parciais e integrais em instituições privadas. Para o ano letivo de 2008, foram pré-selecionados outros 100 mil.
"Vamos ter 400 mil alunos participando do ProUni até 2010 e vamos ter, até 2012, mais 400 mil alunos entrando nas universidades federais", disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta segunda-feira (17).
O presidente classificou de "pequena revolução educacional" os programas de ampliação de vagas no ensino superior.

Como funciona o ProUni

O programa concede bolsas a alunos que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou tiveram bolsa integral em escola particular.
Os candidatos à bolsa integral devem comprovar renda familiar de até um salário mínimo e meio (R$ 622,50) por pessoa. Quem tem renda familiar de até três salários mínimos (R$ 1.245,00) por pessoa pode concorrer às bolsas parciais (de 50%).
Entre as condições para o benefício, está a nota mínima de 45 na última edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
Este ano,
1.416 instituições ofereceram a bolsa.
Houve, no total, 855.734 inscritos para as 106.134 bolsas disponíveis (2.689 a menos que na edição anterior). São Paulo registrou o maior número de candidatos (213.724), seguido por Minas Gerais (121.075), Bahia (81.781) e Rio Grande do Sul (64.814).

 Leia os comentários sobre a matéria acima

 [Juliana] [Belo Horizonte]
17/03/2008 19:11

Acho que está se iniciando uma fase de maior acessibilidade dos Brasileiros aos Estudos e, por tanto, a "revolução educacional" pode estar começando sim. Através de Programas Sociais, neste caso com destaque ao Prouni, a sociedade passa por um processo de mudança, uma vez que tem condições de acesso aos estudos. Essa mudança é observada a longo prazo e com certeza outros governos que colherão "os louros" das políticas adotadas neste, porém, a curto prazo já é possível sentir esse reflexo. Basta agora o governo começar a investir mais em cursos tecnológicos, que é uma excelente forma de qualificar os jovens ao mercado de trabalho.

 [julesO] [São Paulo]

17/03/2008 19:04
Lula, o torneiro mecânico, faz o que o principe da sociologia, titular da USP, FHC nunca sonhou em fazer com o ensino superior no Brasil. Pode-se falar o que for do governo atual, mas ele faz corar de inveja a oposição que ficou 8 anos no poder e não fez nem uma pequena fração pelo ensino superior se comparado com o governo atual.

Comentário do blog: Ações como o PROUNI que alguns criticam podem mudar a realidade retratada na charge acima do Jornal da Ciência. Vale praguejar contra a escuridão,mas é fundamental se que se acenda uma vela para espantar as trevas da ignorância.




Escrito por gtelmo às 19h23
[] [envie esta mensagem] [ ]



George e o Segredo do Universo

 

Radicais, os pais de George não o deixam ter acesso à tecnologia. Mas junto com a amiga Annie e um supercomputador, ele fará uma viagem de aventura e aprendizado pelo espaço sideral. Um enredo criado para mostrar as revolucionárias idéias e conceitos de Física e astrofísica de Stephen Hawking sobre o universo, de uma forma divertida para o público infantil. Aliás, muitos adultos vão começar a entender Hawking por este livro.

 

Stephen Hawking, um dos mais expressivos cientistas da atualidade, dispensa comentários por conta de suas revolucionárias idéias sobre o Universo. Juntamente com sua filha Lucy, estréia na literatura voltada para a divulgação científica para os mais jovens.

O estilo ágil e aventuresco que faz com que o leitor se identifique e reflita sobre o mundo e a sua condição existencial. Os mais variados temas atuais são tratados, tanto de forma mais explícita, como o aquecimento global ou o número de planetas do Sistema Solar (a mudança da condição de Plutão), quanto àqueles abordados de maneira oblíqua, como "bullying".

O livro é muito bem elaborado, a história é envolvente, as informações são delicadamente apresentadas se afastando de qualquer possível didatismo.

Resenha do editor: Escrito por um dos principais cientistas da atualidade, o prêmio Nobel Stephen Hawking, e sua filha, a jornalista e escritora Lucy Hawking, "George e o Segredo do Universo" combina aventuras diversas e envolventes com fascinantes explicações científicas sobre o universo e os planetas, incluindo as idéias mais recentes do respeitável físico Stephen Hawking sobre os buracos negros.

COMENTÁRIO DO BLOG: o livro está em promoção na livraria Saraiva e na Ediouro, quase pela metade do preço:R$ 21,90 (vinte e um reais e noventa centavos). Clique nos links acima e confira. Em outras livrarias custa R$ 39,00 (trinta e nove reais).  EXTRAORDINÁRIO! IMPERDÍVEL!



Categoria: estante
Escrito por gtelmo às 02h10
[] [envie esta mensagem] [ ]



SCIENTIFIC AMERICAN

SCIENTIFIC AMERICAN DE MARÇO/2008

edição 70 - Março 2008

DOSSIÊ
Água para o Futuro numa Perspectiva Global

Por José Galizia Tundisi

Relatórios recentes do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) apresentam inúmeros problemas referentes à quantidade e qualidade hídricas, resultado de mudanças globais.
Gestão de Águas no Brasil
Por Benedito Braga
O Brasil é rico em recursos hídricos, com 12% da água doce do planeta, mas essa disponibilidade varia de forma acentuada ao longo do território nacional.
Vulnerabilidade dos Estoques Subterrâneos
Por Didier Pennequin
Conhecimento, monitoramento e ferramentas de gestão dos sistemas aqüíferos são necessários para preservar os recursos em água que eles representam.
Água Doce que Vem do Mar
Por Mark Fischetti
Usinas de dessalinização usam dois métodos para tornar potável a água salobra.
Ciclo Hidrológico Responde por Água Potável
Por Ulisses Capozzoli
Recursos destinados ao consumo são de aproximadamente 11,3 mil km3/ano, insuficientes para atender à demanda, afetada por consumismo e crescimento demográfico.
ESPECIAL: O FUTURO DA FÍSICA
Uma Máquina de Descobertas
Por Graham P. Collins
Uma colaboração entre cientistas do mundo todo está sendo preparada para dar início ao maior experimento já realizado na física de partículas.
O Horizonte da Revolução na Física de Partículas
Por Chris Quigg
O atual Modelo Padrão da física de partículas começa a ser desvendado numa investigação que supera o limite dos atuais aceleradores de partículas. Por isso, independentemente do que o Grande Colisor de Hádrons venha a encontrar, a física será posta
em xeque.
A Próxima Geração
de Colisores
Por Barry Barish, Nicholas Walker e Hitoshi Yamamoto
Para investigar mais a fundo os detalhes da física de partículas de altas energias é necessário construir um colisor elétron-pósitron mais potente.
MUDANÇAS CLIMÁTICAS
Gelo Inquieto

Por Robin E. Bell
Água líquida abundante descoberta sob os maiores mantos de gelo do mundo pode intensificar o efeito desestabilizador do aquecimento global. Mesmo sem se dissolverem, enormes volumes de gelo podem mergulhar no mar e elevar seu nível de forma catastrófica.
MEDICINA
Suas Células São as Minhas

Por J. Lee Nelson
Muitas pessoas – talvez todas – hospedam um pequeno número de células de indivíduos geneticamente diferentes – da mãe e, as mulheres que já passaram por uma gravidez, de seus filhos. O que esses forasteiros fazem em nosso organismo?
CIÊNCIA E SOCIEDADE
A Ciência na Construção do Futuro

Por Christine Soares
O neurocientista brasileiro Miguel A. L. Nicolelis ouve o diálogo de neurônios para comandar próteses robóticas. Agora ele espera melhorar a qualidade de vida da população brasileira construindo uma rede de cidades da ciência.
BLOCO DE NOTAS
- Células-tronco modificadas
- Nova universidade na Arábia Saudita
- Doença de Huntington
- Evolução de patógenos
- Antenas invisíveis
- Medicina em raciocínio evolutivo
Perfil: Michael Wigler
Usando a teoria padrão da herança, pesquisadores tentaram descobrir os genes por trás do autismo, mas com pouco sucesso. O geneticista investiga a razão de o distúrbio persistir por gerações.
Livros
Dicionário de biografias científicas
Uma vida decodificada – O homem que decodificou o DNA George e o segredo do Universo

Fato ou ficção?
Sabonetes bactericidas, ameaça em vez de solução?
Pergunte ao especialista
Como peixes da mesma espécie vão parar em lagos diferentes a enormes distâncias?
Como funciona
Fundo azul
Telescópio
Por Ulisses Capozzoli
As cavernas de Marte
Perspectivas
Editores de Scientific American
Congresso americano é reprovado
em ciências
Antigravidade
Por
Steve Mirsky
Lembranças do futuro
Desenvolvimento sustentável
Por Jeffrey Sachs
Crise nas regiões áridas
Observatório
Por Aziz Nacib Ab’Sáber
Quando as árvores estão morrendo...

 

COMENTÁRIO DO BLOG: Como sempre acontece a revista está imperdível, por abordar temas relevantes como a preocupação com a água potável e ainda o futuro da física. Em que pese ser uma revista multinacional a SCIAM conta com grandes cientistas brasileiros como Aziz Nacib Ab’Sáber, José Galizia Tundisi e outros.Recomendamos.



Categoria: revistas
Escrito por gtelmo às 01h40
[] [envie esta mensagem] [ ]



CIÊNCIA HOJE

CIÊNCIA HOJE

Ciência Hoje de março de 2008

DESTAQUES 
Os 50 anos da bossa nova – uma estética despojada
Há meio século, uma geração de jovens cantores, instrumentistas e compositores do Rio de Janeiro mudava radicalmente o samba. Esses cariocas de classe média aproveitaram dados do jazz e do bolero para criar um estilo musical intimista, batizado de bossa nova e hoje difundido por todo o mundo. A intenção era fazer com que a música popular acompanhasse o momento histórico que viam como moderno, valendo-se de uma estética despojada. Meio século depois, CH celebra o aniversário dessa proposta cultural que se vem atualizando constantemente.

 O leitor pergunta 
- Como acontece o fenômeno dos raios-bola?
- Quanto tempo demora para um carboidrato ingerido se transformar em glicose em nosso corpo?
- O que são doenças auto-imunes?
- Por que as árvores do cerrado são retorcidas?

Entrevista: Andrew Whiteley – Amigas invisíveis
O entrevistado da CH 246 é o ecólogo inglês Andrew Whiteley, especialista em bactérias do solo. Ele fala sobre como esses microrganismos são capazes de sobreviver aos mais diversos ambientes e discute a sua importância para a vida na Terra. Atualmente, o pesquisador trabalha em um censo sobre a densidade e a distribuição geográfica de micróbios de solo. 

Mundo de ciência  
A seção Mundo de Ciência desta edição traz como destaque o feito do biólogo norte-americano Craig Venter e sua equipe, que sintetizaram a maior seqüência de DNA já produzida pelo homem. É a primeira vez que o genoma inteiro de uma bactéria é sintetizado. Leia também, entre outros destaques, sobre a relação entre a obesidade e vários tipos de câncer e sobre o perigo da utilização de remédios para emagrecer sem o aval médico

A propósito: O fim do macho?
Um grupo de pesquisadores ingleses criou espermatozóides humanos a partir de células-tronco obtidas de óvulos femininos. O feito é o tema da coluna A Propósito de março, na qual Franklin Rumjanek discute um cenário futuro possível em que os homens poderiam deixar de ser indispensáveis para a reprodução humana. Embora isso ainda não seja tecnicamente factível, o colunista lembra que nenhuma barreira é eternamente insuperável

Invasão de plástico nos oceanos
O plástico está entre os principais poluentes que ameaçam os ambientes marinhos. Ele pode ser encontrado nos oceanos na forma de produtos finais (fios, sacos, garrafas) ou de grânulos, que são pequenas esferas utilizadas como matérias-primas pela indústria. Esses grânulos chegam aos mares por falhas na produção ou no transporte e podem causar diversos problemas econômicos e ambientais, como discute este artigo da CH de março.

Um novo estado da matéria – a fluidez com pares separados
Há 100 anos era descoberto o fenômeno da supercondutividade, em que a resistência elétrica de metais cai a zero quando resfriados a baixíssimas temperaturas. Anos mais tarde, foi descoberta a superfluidez, na qual a matéria ecoa praticamente sem atritos. Este artigo mostra como físicos brasileiros estão ajudando a desvendar o fenômeno da superfluidez com pares quebrados, em que os átomos aparecem livres, sem estar emparelhados.

O dente adequado para cada um   
A dentição é capaz de revelar muito sobre os hábitos alimentares de um animal, mesmo que ele já esteja extinto. Graças a sua constituição, os dentes são capazes de resistir à ação do tempo e, muitas vezes, permanecem bem preservados. Por meio de estudos da dentição de animais extintos, paleontólogos tentam descobrir como diferentes grupos surgiram e evoluíram ao longo da historia da vida na Terra, como mostra este artigo da CH 246. (1,1 MB)

Em Dia 
Confira as últimas notícias da ciência brasileira:
- Estudo aponta um aumento significativo de páginas de conteúdo neonazista na internet
-
Corredor ecológico permitirá que onças da caatinga interajam com outros grupos da espécie
- Falta de inovação eleva o custo de remédios contra a Aids
- Laboratório da UFRJ estuda o uso de vespas para o controle biológico de baratas
- Pesquisadores buscam revelar gene responsável pela epilepsia
- Fósseis de 80 milhões de anos podem indicar um elo na evolução dos crocodilos

Opinião: Biodiversidade – um bem a ser valorizado
A biodiversidade é um produto estratégico, por ser matéria-prima para a bioprospecção e para o desenvolvimento biotecnológico, mas não contribui para o PIB brasileiro de acordo com sua magnitude. Neste artigo de Opinião, Charles R. Clement, do Inpa, discute o potencial valor estratégico da biodiversidade brasileira e a necessidade de maiores investimentos em pesquisa cientifica e inovação tecnológica para que ela se converta em valor econômico.

Primeira Linha
A seção Primeira Linha desta edição traz dois artigos. O primeiro apresenta um grupo pouco conhecido de invertebrados: os onicóforos. Esses seres estão na Terra há cerca de 570 milhões de anos e vivem escondidos em cavernas, sob pedras e troncos. O segundo artigo discute a dificuldade, nas ilhas da costa brasileira, de se controlar o crescimento de espécies exóticas. O conhecimento das relações entre espécies introduzidas e nativas é essencial para a conservação e recuperação desses ecossistemas.

Comentário do blog: a revista Ciência Hoje é uma publicação da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC. É pois uma publicação científica multitemática relevante. Recomendamos a sua leitura. Como ela só chega a algumas bancas em Fortaleza é necessário fazer assinatura. Utilize o site: http://cienciahoje.uol.com.br/view/712 , sirva-se do fone 0800-727-8999 (ligação gratuita/de 2ª a 6ª feira, das 8h às 20h) ou envie email para contato@cienciahoje.org.br .



Categoria: experimentos
Escrito por gtelmo às 01h25
[] [envie esta mensagem] [ ]



GALILEU

GALILEU DE MARÇO/2008

 

A ciência de Lost - Viagem no tempo, magnetismo e genética são alguns dos conceitos científicos presentes na série de maior sucesso da TV, que estréia sua quarta temporada no Brasil. Localizamos e explicamos um por um

CULT

HORIZONTES

REPORTAGENS

OS 10+

CONSUMO

SEM DÚVIDA

  • Pergunte que a Galileu responde

EURECA

PEREGRINO

ENTER+

Um novo modelo para descobrir talentos − Uma Ong norte-americana busca jovens criativos no gueto e cria time de profissionais para dar idéias a grandes empresas. E todo mundo lucra

COMENTÁRIO DO BLOG: Clique nos links para saber mais.A revista está ótima. Recomendamos.



Categoria: revistas
Escrito por gtelmo às 01h03
[] [envie esta mensagem] [ ]



Superinteressante

 SUPERINTERESSANTE DE MARÇO DE 2008

CIÊNCIA

A vida em coma

Novos estudos buscam entender o que é esse estado e "ligar" novamente o cérebro apagado

ZOOM

Nova ordem mundial

Cinco países na cidade de São Paulo? Nações européias transformadas em cidades do Brasil? Viramos o mundo pelo avesso em 5 mapas

E SE...

Pelé tivesse nascido em 1982?

Se jogasse hoje, ele seria o melhor jogador de futebol de todos os tempos?

SUPERRESPOSTAS

Por que ninguém consegue acabar com a guerra na Colômbia? 

SUPERNOVAS

Desabrigados e cibernéticos

No Japão, até os sem-teto são modernos: eles dormem em cibercafés

CAPA

Teje preso

Há algo pior que ir para a cadeia: desrespeitar

COMPORTAMENTO

Quero ser perfeito

Para os perfeccionistas, nada é bom o bastante.

HISTÓRIA

Flores e você

Saiba por que elas conquistam corações e

TECNOLOGIA

Asas indomáveis

Nosso repórter voou num caça da FAB, vomitou

SUPERPAPO

Super entrevista John Dominic Crossan

O que é verdade e o que é mito na história de Jesus

ESSENCIAL

A matemática é o novo mapa astral

Como a ciência prevê o futuro

E SE...

... Pelé estivesse no auge da carreira hoje?

SUPERRESPOSTAS

Por que ninguém consegue acabar com os conflitos armados na Colômbia?

SUPERNOVAS

O deserto do Saara vai exportar energia para a Europa.

COMENTÁRIO DO BLOG: A revista está muito boa, apesar de ter gasto muito espaço com bobagens sobre o Pelé. Recomendamos



Categoria: revistas
Escrito por gtelmo às 00h58
[] [envie esta mensagem] [ ]



QUEM É MILLOR FERNANDES

Millôr Fernandes nasceu.

Todo o seu aprendizado, desde a mais remota infância. Só aos 13 anos de idade, partindo de onde estava. E também mais tarde, já homem formado. No jornalismo e nas artes gráficas, especialmente. Sempre, porém, recusou-se, ou como se diz por aí. Contudo, no campo teatral, tanto então quanto agora. Sem a menor sombra de dúvida. Em todos seus livros publicados vê-se a mesma tendência. Nunca, porém diante de reprimidos. De 78 a 89, janeiro a fevereiro. De frente ou de perfil, como percebeu assim que terminou seu curso secundário. Quando o conheceu em Lisboa, o ditador Salazar, o que não significa absolutamente nada. Um dia, depois de um longo programa de televisão, foi exatamente o contrário. Amigos e mesmo pessoas remotamente interessadas - sem temor nenhum. Onde e como, mas talvez, talvez — Millôr, porém, nunca. Isso para não falar em termos públicos. Mas, ao ser premiado, disse logo bem alto - e realmente não falou em vão. Entre todos os tradutores brasileiros. Como ninguém ignora. De resto, sempre, até o Dia a Dia”.

("Currículo" publicado por Millôr quando de sua estréia no jornal "O Dia", Rio (RJ).


Considerado "um dos poucos escritores universais que possuímos", na opinião do crítico Fausto Cunha, filho de Francisco Fernandes e de Maria Viola Fernandes, Millôr Fernandes nasceu no dia 16 de agosto de 1923 no Méier, subúrbio do Rio de Janeiro, com o nome de Milton Viola Fernandes. Só seria registrado no ano seguinte, tendo como data oficial de nascimento o dia 27 de maio de 1924. Sua certidão de nascimento, grafada à mão, fazia crer que seu nome era Millôr e não Milton. Seu pai, engenheiro emigrante da Espanha, morre em 1925, com apenas 36 anos. A família começa a passar por dificuldades e sua mãe passa horas em frente a uma máquina de costura para poder sustentar os 4 filhos. Apesar do aperto, o autor teve uma infância feliz, ao lado de 10 tios, 42 primos e primas e da avó italiana D. Concetta de Napole Viola.

Estuda na Escola Ennes de Souza, de 1931 a 1935, por ele chamada de Universidade do Meyer, mas que na verdade era uma escola pública. Diz dever tudo o que sabe a sua professora, Isabel Mendes, depois diretora e hoje nome da escola. Se emociona ao falar sobre ela "...uma mulatinha magra e devotada, que me ensinou tudo que se deve aprender de um professor ou de uma escola: a gostar de estudar. Depois disso, pode-se ser autodidata. Escola, a não ser para campos técnicos/experimentais, é praticamente inútil".

A chegada ao Brasil das histórias em quadrinhos, em 1934, faz de Millôr um leitor assíduo dessas publicações, em especial de Flash Gordon, de autoria de Alex Raymond, e, com isso, dar vazão à sua criatividade. Sob a influência de seu tio Antônio Viola, tem seu primeiro trabalho publicado em um órgão da imprensa — "O Jornal", do Rio de Janeiro, tendo recebido o pagamento de 10 mil reis por ele. Era o início do profissionalismo, adotado e defendido para sempre.

Em 1935, também com 36 anos, falece sua mãe, o que faz com que os irmãos Fernandes passem a levar uma vida dificílima. Essa coincidência de datas leva Millôr a escrever um conto, "Agonia", publicado na revista "Cigarra" em janeiro de 1947, onde afirmava: "Tenho dia e hora marcada para me ir e o acontecimento se dará por volta de 1959". A morte da mãe o leva a morar em Terra Nova, subúrbio próximo ao Méier, com o tio materno Francisco, sua mulher Maria e quatro filhos.

Trabalha, em 1938, com o Dr. Luiz Gonzaga da Cruz Magalhães Pinto, entregando o remédio para os rins "Urokava" em farmácias e drogarias. Durou pouco esse emprego. Logo vai ser contínuo, repaginador, factótum, na pequena revista "O Cruzeiro", que nessa época tinha, além de Millôr, mais dois funcionários: um diretor e um paginador. A revista, anos depois, chegou a vender mais de 750.000 exemplares. Com o pseudônimo "Notlim" ganha um concurso de crônicas promovido pela revista "A Cigarra". Com isso, é promovido e passa a trabalhar no arquivo.
Comentário do blog: Quer saber mais sobre o genial Millor Fernandes, clique nos links anaixo:

Millôr Fernandes

Millôr Fernandes

 



Escrito por gtelmo às 13h20
[] [envie esta mensagem] [ ]



POESIA MATEMÁTICA

Poesia Matemática

 

 

Às folhas tantas
do livro matemático
um Quociente apaixonou-se
um dia
doidamente
por uma Incógnita.
Olhou-a com seu olhar inumerável
e viu-a, do Ápice à Base,
uma figura ímpar:
olhos rombóides, boca trapezóide,
corpo octogonal, seios esferóides.
Fez da sua uma vida
paralela à dela
até que se encontraram
no infinito.
"Quem és tu?", indagou ele
em ânsia radical.
"Sou a soma do quadrado dos catetos.
Mas pode me chamar de Hipotenusa."
E de falarem descobriram que eram
(o que em aritmética corresponde
a almas irmãs)
primos entre si.
E assim se amaram
ao quadrado da velocidade da luz
numa sexta potenciação
traçando
ao sabor do momento
e da paixão
retas, curvas, círculos e linhas sinoidais
nos jardins da quarta dimensão.
Escandalizaram os ortodoxos das fórmulas euclidianas
e os exegetas do Universo Finito.
Romperam convenções newtonianas e pitagóricas.
E enfim resolveram se casar,
constituir um lar,
mais que um lar,
um perpendicular.
Convidaram para padrinhos
o Poliedro e a Bissetriz.
E fizeram planos, equações e diagramas para o futuro
sonhando com uma felicidade
integral e diferencial.
E se casaram e tiveram uma secante e três cones
muito engraçadinhos.
E foram felizes
até aquele dia
em que tudo vira afinal
monotonia.
Foi então que surgiu
O Máximo Divisor Comum
Freqüentador de círculos concêntricos,
viciosos.
Ofereceu-lhe, a ela,
uma grandeza absoluta
e reduziu-a a um denominador comum.
Ele, Quociente, percebeu
que com ela não formava mais um todo,
uma unidade.
Era o triângulo,
Tanto chamado amoroso.
Desse problema ela era uma fração,
a mais ordinária.
Mas foi então que Einstein descobriu a Relatividade
e tudo que era espúrio passou a ser
moralidade
como aliás em qualquer
sociedade.

 



Escrito por gtelmo às 12h54
[] [envie esta mensagem] [ ]



Estudo liga deficiência de ácido fólico à demência

Deficiência da vitamina pode ser sintoma ou causa de demência.

Pessoas com deficiência de ácido fólico - uma forma de vitamina B encontrada principalmente em vegetais de folhas verdes - têm três vezes e meia mais chances de apresentar demência, sugere um estudo publicado na revista especializada Journal of Neurology, Neurosurgery and Psychiatry.

O estudo liderado pela Escola de Medicina da Universidade Nacional Chonnam, em Gwangju, na Coréia do Sul, acompanhou 518 idosos por dois anos.

 

Segundo os pesquisadores, cerca de 3,5% dos idosos apresentavam deficiência de ácido fólico no início do estudo. Ao fim, eles tinham probabilidade 3,5 vezes maior de ter desenvolvido demência do que os outros.

 

O governo britânico atualmente considera a hipótese de adicionar a vitamina a pães e farinha. O ácido fólico já é recomendado para mulheres grávidas para ajudar a evitar deficiências na espinha de fetos, mas cada vez mais pesquisas sugerem que a vitamina também ajudaria a combater a demência.

 

Os pesquisadores, no entanto, não sabem se os baixos níveis de ácido fólico encontrados nos idosos seriam a causa ou apenas um sintoma da demência.

 

Já há outros estudos relacionando os níveis de ácido fólico ao Mal de Alzheimer, mas sua deficiência também poderia ser um sintoma da doença.

 

  Mudança de vida

Os autores do estudo afirmam que "as mudanças nos micronutrientes podem estar ligadas a outros sinais típicos que precedem a demência, como a perda de peso e a pressão baixa".

 

"Enquanto é pouco provável que o emagrecimento altere os micronutrientes no sangue, ele pode indicar mudanças na dieta e na qualidade dos alimentos ingeridos."

 

No grupo analisado, a demência era mais comum entre as pessoas mais velhas, com nível de educação relativamente baixo e inativas, segundo os pesquisadores.

 

Clive Ballard, diretor de pesquisas do instituto britânico Alzheimer's Society, disse que o estudo "é mais um exemplo de por que é tão crucial para as pessoas levarem um estilo de vida saudável, com uma dieta balanceada rica em vitaminas B e antioxidantes".

 

Mas ele alerta: "Os benefícios potenciais para evitar ou tratar a demência só podem ser totalmente verificados com um rigoroso teste clínico, já que a possível confusão com fatores do estilo de vida e mudanças no estilo de vida nos estágios iniciais da demência podem levar a resultados enganosos."

 

Comentário do blog:

Quer saber mais sobre radicais livres e antioxidantes leia o livro indicado nas postagem anterior: Vaidade, Virilidade eVitalidade.  



Escrito por gtelmo às 14h37
[] [envie esta mensagem] [ ]



ESTANTE

VAIDADE, VIRILIDADE E VITALIDADE CIENCIA POR TRAS DOS PRODUTOS QUE VOCE ADORA COMPRAR
Autor: 
EMSLEY, JOHN
Editora: JORGE ZAHAR
Assunto: QUÍMICA

Como escolher o filtro solar adequado à sua pele? O Viagra traz algum risco para a saúde? E os cremes anti-rugas? Realmente cumprem o que está prometido nos rótulos? Nesse livro, o químico inglês John Emsley responde a essas e a muitas outras questões, ao revelar os benefícios e malefícios de cerca de 30 substâncias químicas com as quais lidamos todos os dias. Batons, gorduras saturadas, vitamina C e fraldas descartáveis fazem parte da variada lista de produtos e temas que Emsley analisa em 'Vaidade, vitalidade, virilidade', livro que pode ser consultado por tópicos ou lido do início ao fim. Em um prosa livre de jargões técnicos, o autor debate a idéia, bastante difundida pela mídia, de que os produtos da indústria química fazem mal, enquanto os recursos da natureza seriam bons em si mesmos. Com isso, desmistifica certos preconceitos, ao mesmo tempo em que faz deste livro um guia útil e de fácil compreensão para os leitores curiosos e todos os interessados no tema.

Comentário do blog:

para quem gosta de Química do Cotidiano, eis aí um excelente livro. Caro? Vale cada real pago!!!



Escrito por gtelmo às 14h29
[] [envie esta mensagem] [ ]



SCIENTIFIC AMERICAN

GRANDES IDÉIAS
Perspectivas para a Energia Solar

Por Ken Zweibel, James Mason e Vasilis Fthenakis
No ano de 2050, a energia solar poderá decretar o fim da dependência do petróleo e reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

Potencialidades do Brasil
Por José Goldemberg
Eletricidade com uso de células fotovoltaicas ainda não é muito eficiente, mas aquecimento de água está bem disseminado e energia eólica se desenvolve.

MEDICINA
Domar Vasos, Estratégia Para Combater o Câncer

Por Rakesh K. Jain
Colocar em ordem os caóticos vasos sangüíneos de um tumor pode ser uma oportunidade para atacá-lo. Surpreendentemente, as drogas capazes de destruir a vasculatura podem fazer os reparos e ajudar a reverter as condições que provocam doenças cardiovasculares e cegueira.

SAÚDE PÚBLICA
Controvérsias Sobre o Flúor

Por Dan Fagin
Pesquisas recentes sugerem que o tratamento da cárie com fluoreto em excesso pode ser perigoso.

FISIOLOGIA
O Refinado Instrumento Humano

Por Ingo R. Titze
A julgar pelo tamanho, nosso sistema fonador não surpreende como instrumento musical. Mas como os cantores conseguem produzir sons tão fascinantes?

CIÊNCIAS DA TERRA
Migração de Plumas

Por John A. Tarduno
Considerados fontes fixas de material pastoso no interior do planeta, hotspots ganham movimento e integram deslocamento de placas.

ENGENHARIA
Nano-engenhos com Autogeradores

Por Zhong Lin Wang
Máquinas nanométricas necessitam de fontes de energia ainda menores.

CIÊNCIA APLICADA
Células Sangüíneas à Venda

Por Emily Harrison
Um banco de sangue é muito mais que um simples embalador.

NEUROCIRURGIA
Estimulação Cerebral Profunda, Realidade por Trás da Ficção

Por Edson Amâncio
Implante de eletrodos tem sucesso no tratamento de depressão refratária.

PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Artigos Científicos e Atropelos Éticos

Por Marco Antonio A. Carneiro, Silvia Dantas Cangussú e G. Wilson Fernandes
Critérios não suficientemente claros, além de abusos por parte de alguns pesquisadores, distorcem autoria de publicações, com prejuízos que vêm sendo sistematicamente desconsiderados.

SEÇÕES

Ponto de vista

Cartas

Memória

BLOCO DE NOTAS

- Vida nova para a terapia gênica
- Sal enriquecido com ferro e vitaminas
- Estrela de nêutrons bizarra
- Gene da linguagem
- Fluxo do tempo
- Hienas aliadas

O que aconteceu com...

Perfil: Richard Wrangham

Nossos ancestrais hominídeos nunca poderiam ter comido alimentos crus em quantidade suficiente para criar nosso cérebro, grande e faminto de calorias, ele afirma. O segredo da evolução, diz, é o cozimento.

Comentário do blog:

Essa é realamente uma revista de divulgação científica. No início havia sérios problemas na sua distriubuição. Agora está nas bancas antes do início de cada mês. Quanto às matérias são bem selecionadas e apresentam densidade. Merece nota cinco. Imperdível

 



Escrito por gtelmo às 14h13
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]