Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, FORTALEZA, VARJOTA, Homem, de 56 a 65 anos, French, Spanish, Livros, Viagens
MSN -



Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Link
 Evento
 Citação
 Avaliação
 Objeto de Desejo
 estante
 revistas
 curiosidades
 experimentos


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 PISO SALARIAL AGORA JÁ É REALIDADE
 UOL - O melhor conteúdo
 TELMOCIÊNCIAS
 BOL - E-mail grátis
 TELMOTAHAN
 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE
 o torto
 Blog de Attico Chassot
 Tecnocientista
 Luis Nassif
 Blog dos Quadrinhos
 Ciência em dia
 Blog desabafo Brasil
 CONTRAPAUTA
 INTERNETÓPOLIS, O IMPERDÍVEL


 
TELMOQUÍMICA - SEU ALMANAQUE ELETRÔNICO


telmoquimica edição extra

Nenhuma mulher nasce mulher: torna-se

Simone de Beauvoir (escritora  francesa  - 1908-1986)

 oito de março, dia internacional da mulher



Categoria: Evento
Escrito por gtelmo às 22h29
[] [envie esta mensagem] [ ]



"QUEM SOU EU?"

Autor: Gilberto Telmo

Quando: 08/03/2007

QUEM SOU EU?

Construí o dibikos, o tribikos e inventei o banho-maria.

Fui matemática e bibliotecária em Alexandria e morri assasinada por fanáticos ligados ao bispo Cirilo e comandados pela rainha Zenóbia.

Desenhei todos os equipamentos de laboratório de meu marido, traduzi para ele textos latinos e ingleses, acompanhei-o em todos os trabalhos científicos, assisti sua execução, publiquei seus livros e nunca me deixei vencer pela truculência.

Nasci de família pobre, judia e polonesa, enfrentei dificuldades para me formar, perdi o marido atropelado por uma carroça, fui detratada e perseguida, descobri o elemento rádio, contraí leucemia por conta das radiações mas, eduquei minhas filhas com competência e nunca deixei de lutar e acreditar na vida.

Trabalhei na difração de raio-X e descobri a estrutura do DNA que foi apropriada pelo colega Wilkinson e pelos oportunistas Crick e Watson, jamais minha contribuição foi reconhecida, fui derrotada pelo câncer.

Dedicada à ciência, abafada pelo machismo imperante em todas as épocas, persigo tenazmente meus objetivos e nada me detém porque...

Meu nome é mulher!!!

homenagem do blog a todas as mulheres que foram vítimas do preconceito e sofreram na defesa de seus ideais.

Nas fotos temos, da esquerda para a direita: Maria a Judia (gravura), Hipátia (gravura), Marie Anne-Paulze Lavoisier (retrato), Marie Curie, Rosalind Franklin.



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 10h15
[] [envie esta mensagem] [ ]



EDITORIAL:

Mulher: mistério infinitamente belo

(G. Gozzani, poeta italiano)

Investimos mais tempo neste blog para prestar uma merecida homenagem a todas as mulheres do presente e do passado que por seus gestos inundaram o mundo de luz, construindo a esperança e ajudando os homens a suportá-lo. Não foi tarefa fácil. Procuramos textos e poesias para expressar nossos sentimentos de gratidão, nosso respeito e admiração pelo gênero feminino.Visitamos Neruda, Cora Coralina, Vinicius de Moraes. Rememoramos as mulheres da ciência como Maria a Judia,inventora do banho-maria,  a bibliotecária e matemática Hipácia, uma das pioneiras mártires da ciência. Lembramos também Marie Anne Paulze de Lavoisier que teve seu pai e seu marido decapitados na véspera de um natal cruel. Nem a tragédia e a truculência conseguiram intimidá-la. Continuou a obra do parceiro e publicou sua obra prima Traité Elementaire de Chimie, cujas gravuras de equipamentos de laboratório foram por ela desenhadas. Publicou ainda dois volumes de Memoires, sendo que o segundo volume foi escrito por ela.Teve seus bens expropriados pelo governo revolucionário mas, recuperou-os depois de enfrentar a truculência do estado. Madame Curie é mais conhecida e sofreu as dificuldades da pobreza e falta de recursos para estudar, além do preconceito por ser mulher, polonesa e judia. Marcada pelo infortúnio perdeu o marido,  atropelado por uma carroça e sofreu com agressões da imprensa que invadiu sua privacidade. Sua dedicação à ciência fez com que se descuidasse da saúde e foi vencida pela leucemia. Rosalind Franklin é a grande injustiçada da história da ciência. Seus trabalhos com difração de raios-X permitiram a identificação da estrutura de dupla hélice do DNA. Seu colega de trabalho Wilkins levou a informação a Crick e Watson que publicaram a descoberta em primeira mão.Pouco depois Rosalind faleceu acometida pelo câncer. Wilkson, Crick e Watson receberam o prêmio Nobel e Rosalind foi completamente esquecida na ocasião. Essas são algumas das mulheres da ciência, motivação maior para essa nossa homenagem.

PARABÉNS A TODAS AS MULHERES PELO SEU DIA!!!



Escrito por gtelmo às 09h54
[] [envie esta mensagem] [ ]



"MULHER DA VIDA"

Autor: CORA CORALINA

Buscar na Web "CORA CORALINA"

MULHER DA VIDA

 (Cora Coralina)

Mulher da Vida, minha Irmã.

De todos os tempos.

De todos os povos.

De todas as latitudes.

Ela vem do fundo imemorial das idades

e carrega a carga pesada dos mais torpes sinônimos,

apelidos e apodos:

Mulher da zona,

Mulher da rua,

Mulher perdida,

Mulher à-toa.

Mulher da Vida, minha irmã.

...........................

Mulher da Vida, minha irmã.

No fim dos tempos.

No dia da Grande Justiça do Grande Juiz.

Serás remida e lavada de toda condenação.

E o juiz da Grande Justiça a vestirá de branco em novo batismo de purificação...

Mulher da Vida, minha irmã.

Declarou-lhe Jesus: “Em verdade vos digo que publicanos e meretrizes vos precedem no Reino de Deus”. Evangelho de São Mateus 21, ver.31.

CORA CORALINA

Voz viva da cidade de Goiás, personagem e símbolo da tradição da vida interiorana, Cora Coralina nasceu em 20 de agosto de 1889 e faleceu em Goiânia a 10 de abril de 1985. Logo após sua morte, seus amigos e parentes uniram-se para criar a Casa de Coralina, que mantém um museu com objetos da escritora. Seu primeiro livro, Poemas dos Becos de Goiás e outras histórias mais , foi publicado em 1965, e levou Cora, aos 75 anos, finalmente a ser reconhecida como a grande porta-voz de uma realidade interiorana já afetada pelo avanço da modernidade. O poeta Carlos Drummond de Andrade, surpreendido com a obra de Cora, escreveu-lhe em 1979: "(...) Admiro e amo você como a alguém que vive em estado de graça com a poesia. Seu livro é um encanto, seu lirismo tem a força e a delicadeza das coisas naturais (...)".

Comentário do blog: nunca é tarde para praticar poesia e revelar seu amor pelos excluídos e excluídas



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 09h12
[] [envie esta mensagem] [ ]



"HOMENAGENS À MULHER"

Autor: Vinicius de Moraes

Buscar na Web "Vinicius de Moraes"

Quando: 08/03/2007

RANCHO DAS NAMORADAS

Ary Barroso & Vinicius de Moraes (1962)

Já vem raiando a madrugada

Acorda, que lindo!

Mesmo a tristeza está sorrindo

Entre as flores da manhã

Se abrindo nas cores do céu

O véu das nuvens que esvoaçam

Que passam pela estrela a morrer

Parecem nos dizer

Que não existe beleza maior

Do que o amanhecer

E, no entanto maior

Bem maior que a do céu

Bem maior que a do mar

Maior que toda a natureza

É a beleza que tem a mulher namorada

Seu corpo é assim como a aurora ardente

Sua alma é uma estrela inocente

Seu corpo é uma rosa fechada

Em seu seio, os pudores

Renascem das dores de antigos amores

Que vieram, mas não eram o amor que se espera

O amor primavera

São tantos seus encantos

Que para os comparar

Nem mesmo a beleza que tem

As auroras do mar


A ROSA DE HIROSHIMA

Pensem nas crianças

Mudas telepáticas

Pensem nas meninas

Cegas inexatas

Pensem nas mulheres

Rotas alteradas

Pensem nas feridas

Como rosas cálidas

Mas oh não se esqueçam

Da rosa da rosa

Da rosa de Hiroxima

A rosa hereditária

A rosa radioativa Estúpida e inválida

A rosa com cirrose

A anti-rosa atômica

Sem cor sem perfume

Sem rosa sem nada.


Vinicius de Moraes

Poeta, compositor, intérprete e diplomata brasileiro, nasceu no Rio em 19/10/13 e faleceu na mesma cidade em 09/07/80. Escreveu seu primeiro poema aos sete anos. Fez curso de Direito no Rio e de Literatura Inglesa em Oxford. Ingressou na carreira diplomática, por concurso, em 1943, tendo servido como vice-cônsul em Los Angeles (1947-50), o que abriu sua temática, posteriormente enriquecida pelo seu interesse em teatro e cinema. Serviu também em Paris (duas vezes) e Montevidéu.



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 08h37
[] [envie esta mensagem] [ ]



"DIA INTERNACIONAL DA MULHER"

Autor: wikipédia

Buscar na Web "wikipédia"

Quando: 08/03/2007

Dia Internacional da Mulher é celebrado a 8 de Março de todos os anos. É um dia comemorativo para a celebração dos feitos econômicos, políticos e sociais alcançados pela mulher. De entre outros eventos históricos relevantes, lembra-se do incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist (Nova Iorque, 1911) em que 140 mulheres perderam a vida. A ideia da existência de um dia internacional da mulher foi inicialmente proposta na viragem do século XX, durante o rápido processo de industrialização e expansão económica que levou aos protestos sobre as condições de trabalho. As mulheres empregadas em fábricas de vestuário e indústria têxtil foram protagonistas de um desses protestos em 8 de Março de 1857 em Nova Iorque, em que protestavam sobre as más condições de trabalho e reduzidos salários. As protestantes foram trancadas no interior da fábrica pelos patrões e pela polícia. Estes mesmos atearam fogo no prédio. 129 trabalhadoras morreram carbonizadas. Muitos outros protestos se seguiram nos anos seguintes ao episódio de 8 de Março, destacando-se um outro em 1908, onde 15.000 mulheres marcharam sobre a cidade de Nova Iorque exigindo a redução de horário, melhores salários, e o direito ao voto. Assim, o primeiro Dia Internacional da Mulher observou-se a 28 de Fevereiro de 1909 nos Estados Unidos da América após uma declaração do Partido Socialista da América. Em 1910, a primeira conferência internacional sobre a mulher ocorreu em Copenhague, dirigida pela Internacional Socialista, e o Dia Internacional da Mulher foi estabelecido. No ano seguinte, esse dia foi celebrado por mais de um milhão de pessoas na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça, no dia 19 de Março. No entanto, logo depois, um incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist mataria 140 costureiras; o número elevado de mortes foi atribuído às más condições de segurança do edifício. Além disto, ocorreram também manifestações pela Paz em toda a Europa nas vésperas da Primeira Guerra Mundial. Na Rússia, as comemorações do Dia Internacional da Mulher serviram de estopim para a Revolução russa de 1917. Depois da Revolução de Outubro, a feminista bolchevique Alexandra Kollontai persuadiu Lenin para torná-lo num dia oficial que, durante o período soviético permaneceu numa celebração da "heróica mulher trabalhadora". No entanto, o feriado rapidamente perderia a sua vertente política e tornar-se-ia numa ocasião em que os homens manifestavam a sua simpatia ou amor pela mulheres da sua vida — um tanto semelhante a uma mistura dos feriados ocidentais Dia da Mãe e Dia dos Namorados. O dia permanece como feriado oficial na Rússia (bem como na Bielorrússia, Macedónia, Moldova e Ucrânia), e verifica-se pelas ofertas de prendas e flores dos homens às mulheres (quaisquer mulheres). Quando a Checoslováquia integrou o Bloco Soviético, esta celebração foi apoiada oficialmente e gradualmente transformada em paródia — ver MDŽ. No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado durante as décadas de 1910 e 1920, mas esmoreceu. Foi revitalizado pelo feminismo na década de 1960. Em 1975, designado como o Ano Internacional da Mulher, a Organização das Nações Unidas começou a patrocinar o Dia Internacional da Mulher.

Comentário do blog: estas informações foram coletadas na versão prtuguesa da Wikipédia uma enciclopédia livre construida pelos internautas.



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 23h46
[] [envie esta mensagem] [ ]



"O DIA INTERNACIONAL DA MULHER"

Autor: http://www.leme.pt

Buscar na Web "http://www.leme.pt"

Quando: 08/03/2007

LENDA E REALIDADE

A lenda do Dia Internacional da Mulher como tendo surgido na sequência de uma greve, realizada em 8 de Março de 1857, por trabalhadoras de uma fábrica de fiação ou por costureiras de calçado - e que tem sido veiculada por muitos órgãos de informação - não tem qualquer rigor histórico, embora seja uma história de sacrifício e morte que cai bem como mito. Em 1982, duas investigadoras, Liliane Kandel e Françoise Picq, demonstraram que a famosa greve feminina de 1857, que estaria na origem do 8 de Março, pura e simplesmente não aconteceu (1), não vem noticiada nem mencionada em qualquer jornal norte-americano, mas todos os anos milhares de orgãos de comunicação social contam a história como sendo verdadeira («Uma mentira constantemente repetida acaba por se tornar verdade»). Verdade é que em 1909, um grupo de mulheres socialistas norte-americanas se reuniu num "party’, numa jornada pela igualdade dos direitos cívicos, que estabeleceu criar um dia especial para a mulher, que nesse ano aconteceu a 28 de Fevereiro. Ficou então acordado comemorar-se este dia no último domingo de Fevereiro de cada ano, o que nem sempre foi cumprido. A fixação do dia 8 de Março apenas ocorreu depois da 3ª Internacional Comunista, com mulheres como Alexandra Kollontai e Clara Zetkin. A data escolhida foi a do dia da manifestação das mulheres de São Petersburgo, que reclamaram pão e o regresso dos soldados. Esta manifestação ocorreu no dia 23 de Fevereiro de 1917, que, no Calendário Gregoriano (o nosso), é o dia 8 de Março. Só a partir daqui, se pode falar em 8 de Março, embora apenas depois da II Guerra Mundial esse dia tenha tomado a dimensão que foi crescendo até à importância que hoje lhe damos. A partir de 1960, essa tradição recomeçou como grande acontecimento internacional, desprovido, pouco e pouco, da sua origem socialista. (1) Se consultarmos o calendário perpétuo e digitarmos o ano de 1857, poderemos verificar que o 8 de Março calhou a um domingo, pelo que nunca poderia ter ocorrido uma greve nesse dia de descanso semanal.

Pesquisa efetuada por Maria Luísa V. Paiva Boléo.

Desde 1975, em sinal de apreço pela luta então encetada, as Nações Unidas decidiram consagrar o 8 de Março como Dia Internacional da Mulher. Se, nos nossos dias, perante a lei da maioria dos países, não existe qualquer diferença entre um homem e uma mulher, a prática demonstra que ainda persistem muitos preconceitos em relação ao papel da mulher na sociedade. Produto de uma mentalidade ancestral, ao homem ficava mal assumir os trabalhos domésticos, o que implicava para a mulher que exercia uma profissão fora do lar a duplicação do seu trabalho. Foi necessário esperar pelas últimas décadas do século XX para que o homem passasse, aos poucos, a colaborar nas tarefas caseiras.

Comentário do blog: Fica aí o registro da pesquisa e o desafio para a busca da verdadeira história da origem do Dia Internacional da Mulher.Não sabemos se o incêndio foi proposital ou acidental mas, a verdade verdadeira é que ele aconteceu e houve displicência dos bombeiros no salvamento das vítimas.

Para saber mais visite:

http://www.leme.pt/destaques/diadamulher.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Internacional_da_Mulher

http://www.suapesquisa.com/dia_internacional_da_mulher.htm



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 23h28
[] [envie esta mensagem] [ ]



"O DIA INTERNACIONAL DA MULHER"

Autor: IBGE

Buscar na Web "IBGE"

Quando: 08/03/2007

Vale a pena lutar! O Dia Internacional da Mulher foi criado em homenagem a 129 operárias que morreram queimadas numa ação da polícia para conter uma manifestação numa fábrica de tecidos. Essas mulheres estavam pedindo a diminuição da jornada de trabalho de 14 para 10 horas por dia e o direito à licença-maternidade. Isso aconteceu em 8 de março de 1857, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. É longo o caminho das mulheres em busca de respeito à sua dignidade pessoal, social e profissional. Longo, mesmo. E, isto, vocês podem perceber clicando em "As mulheres fazem a história"(site do IBGE). Quando pensamos que, no fim do século dezenove, na Inglaterra, mulheres sozinhas, sem marido, eram consideradas um problema social, levamos um susto. Parece mentira, não? Mas não é. Vista como um ser esquisito, o tal probleminha social, na verdade, não passava de uma preocupação política com o mercado de trabalho. O censo inglês da época contava muito mais mulheres solteiras do que homens, ocasionando um alarme entre os detentores do poder econômico. Chegou-se a cogitar a emigração de mulheres para as colônias - onde sobrava homem - para que elas pudessem exercer a sua função de fêmea, que seria, segundo concepção em voga, apenas o de completar e embelezar a vida do homem e não em se preocupar com carreira ou em ganhar seu sustento. As feministas, por sua vez, tinham uma visão bem mais prática sobre a questão. Para elas, o excedente de mulheres disputando vagas no mercado de trabalho deveria ajudar a sociedade a refletir sobre as políticas sociais que lhes fechavam a porta para o ensino superior, para o voto e para as oportunidades profissionais e de desenvolvimento do seu potencial humano.

Comentário do blog: esta é a versão do IBGE. Veja abaixo algumas fotos do incêndio e das vítimas.

 

Incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist (Nova Iorque, 1911) em que 140 mulheres perderam a vida.



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 23h19
[] [envie esta mensagem] [ ]



"DEPOIMENTOS"

Autor: DIVERSAS MULHERES

Quando: 08/03/2007

"Salve 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Quero me dirigir a todas as trabalhadoras domésticas, especialmente às jovens. Somos a maior categoria de mulheres que trabalha nossa luta contínua junto à sociedade, para fazer valer o respeito de nossa dignidade pessoal e o valor do nosso trabalho." Arinda Libani de Jesus, Sindicato dos Trabalhadores Domésticos - RJ.

Ser mulher é ser feminina, vaidosa, simpática, inteligente, bonita, carinhosa, independente. Eu gosto de ser mulher e acho que hoje temos um papel muito importante, que é o de mostrar ao homem que o mundo mudou. Hoje, ser mulher é ser parceira na luta pela sobrevivência da família, sem discriminação. Sou mulher e sou gari. Trabalho sempre bonita, com batom e cabelos arrumados. Sou alegre e me orgulho do meu trabalho, porque sei que cuido da saúde da população." Elza Cecília de Souza, gari. 

"Celebra-se o 'Dia Internacional da Mulher' mas qual o dia que não é da mulher? Em casa, com os filhos, sem falar no marido: no trabalho, na escola, nos palcos nos jornais onde não está a mulher? Seu 'dia internacional' pode ser todo dia ou quem sabe a idéia é nos reservar um dia para cuidarmos só de nós próprias." Raquel de Queiroz (1910-2003), escritora, primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras.

“A mulher é tudo hoje em dia: esposa, mãe, amiga, companheira, estamos aí cada vez mais conquistando o nosso espaço. As mulheres estão se superando muito. A classe feminina se unindo, vai conquistando seu lugar no campo profissional, em todas as áreas, esportiva, científica, artística. A gente tem que pensar na gente mesmo, porque já pensa no marido, nos filhos, pensa em tudo e em todos. Mas e em nós mesmas, quem pensa na gente? Todas as mulheres devem pensar mais nelas mesmas. Se pensarmos mais em nós, o mundo vai acabar concordando e dar mais valor. Olhando só pra frente, as coisas melhoram e as portas vão se abrindo”. Zeferina, vencedora da São Silvestre de 2001

"Desde que eu me entendo por gente, eu lembro de minha mãe trabalhando, fazendo rendas, e com 7 anos eu aprendi a fazer renda também. Esse é o meu trabalho até hoje. Tenho quase 72 anos, fiquei viúva muito cedo, e foi com o meu trabalho de rendeira que sustentei meus seis filhos. Hoje todos trabalham, já tenho netos e até bisnetos, e continuo fazendo rendas e outros trabalhos maiores que aprendi ao longo da vida. Admiro muito a mulher e seu trabalho, sua coragem e disposição. No Dia Internacional da Mulher, desejo que Deus abençoe a todas e transmito muita força à mulher brasileira para que ela continue seu trabalho." Francisca Mary Nogueira Amora - "Dona Mary", mulher-rendeira - Aquiraz/CE

Fonte:http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/mulher/mulherdepoimentos.html

Comentário do blog: nenhum depoimento é mais verdadeiro do que o da própria mulher.



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 23h01
[] [envie esta mensagem] [ ]



"DIA INTERNACIONAL DA MULHER"

Autor: PABLO NERUDA

Buscar na Web "PABLO NERUDA"

Quando: 08/03/2007

Mulheres

Pablo Neruda

Elas sorriem quando querem gritar.

Elas cantam quando querem chorar.

Elas choram quando estão felizes.

E riem quando estão nervosas.

Elas brigam por aquilo que acreditam.

Elas levantam-se para injustiça.

Elas não levam "não" como resposta quando acreditam que existe melhor solução.

Elas andam sem novos sapatos para suas crianças poder tê-los.

Elas vão ao medico com uma amiga assustada.

Elas amam incondicionalmente.

Elas choram quando suas crianças adoecem e se alegram quando suas crianças ganham prêmios.

Elas ficam contentes quando ouvem sobre um aniversario ou um novo casamento.

Comentário do blog: na falta de inspiração, ficamos com Neruda(embora pouco inspirado) para homenagear a mulher no dia que lhe é consagrado. 

 



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 22h50
[] [envie esta mensagem] [ ]



"Bala perdida mata menina de 12 anos no Rio"

Autor: FOLHA DE SÃO PAULO

Buscar na Web "FOLHA DE SÃO PAULO"

Quando: 06/03/2007

Bala perdida mata menina de 12 anos no Rio

Alana Ezequiel foi baleada durante operação da PM após deixar irmã na creche; 2 jovens suspeitos de tráfico morreram na ação. De acordo com a polícia, tiros "provavelmente" partiram de traficantes; armas usadas na incursão foram apreendidas.

 ITALO NOGUEIRA DA SUCURSAL DO RIO

Uma menina de 12 anos foi morta ontem no morro dos Macacos, em Vila Isabel (zona norte do Rio), atingida por uma bala perdida durante operação da Polícia Militar. Outros dois adolescentes de 16 anos, apontados pela polícia como criminosos, também foram mortos. A estudante Alana Ezequiel acabara de deixar a irmã de dois anos na creche e ia para casa quando foi atingida na região lombar. Atendida no hospital do Andaraí, morreu às 8h55. A bala perfurou a região lombar e atingiu o pulmão e o fígado. Ao saber da morte da filha, no hospital federal do Andaraí, a mãe de Alana, Edna Ezequiel, 29, se desesperou: "Quero ver minha filha! Quero ver minha filha agora!" O corpo da menina e dos dois supostos criminosos chegaram ao IML (Instituto Médico Legal) às 18h50. Três testemunhas disseram a agentes da 20ª DP (Vila Isabel) que os disparos teriam partido de traficantes. Quatro PMs que estavam na operação também depuseram. "Provavelmente o disparo que atingiu a menina partiu dos traficantes. Mas só depois da perícia técnica poderemos ter alguma certeza", disse o delegado Marcus Neves. O secretário de Segurança Pública do Estado do Rio, José Mariano Beltrame, disse, "preliminarmente", que a menina "não foi alvejada pela polícia". As armas usadas na incursão à favela foram apreendidas e serão comparadas com a bala que seria retirada da menina. Segundo o comandante do 16º BPM (Tijuca), tenente-coronel Roberto Lima, a operação começou às 6h, "quando há poucas pessoas na rua". Após troca de tiros e a morte de dois supostos criminosos, os policiais entraram às 8h na favela com o blindado da corporação e foram recebidos a tiros. Um jovem de 16 anos foi atingido no peito e outro, da mesma idade, foi alvejado no ombro e no braço esquerdos -ambos morreram. Marcos Paulo Meireles, 19, atingido na cabeça, foi submetido a operação e corria risco de morte. Eles eram traficantes, diz a polícia. A operação, diz a PM, pretendia coibir o roubo a pedestres e a carros na região. A PM disse ter apreendido dois revólveres, uma pistola, 30 gramas de maconha e 45 gramas de cocaína. Leia mais na edição on line da Folha de São Paulo http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0603200708.htm

Na foto: Edna Ezequiel (no centro), mãe de Alana, 12, que morreu após ser atingida por uma bala perdida. Créditos: Deisi Rezende/Agência JB

Comentário do blog: mais uma vítima inocente da "bala perdida", assassina anônima e impune. Belo presente para D. Edna Ezequiel comemorar o  Dia Internacional da Mulher. Que vergonha!!!



Categoria: Citação
Escrito por gtelmo às 22h36
[] [envie esta mensagem] [ ]



PRATELEIRA

Especial para o dia Internacional da Mulher

CORPOS FRÁGEIS, MULHERES PODEROSAS

http://www.siciliano.com.br/

Classificação:

Corpos Frágeis Mulheres Poderosas

Maria Martoccia

ISBN: 8500013214 Editora: EDIOURO Número de páginas: 200 Encadernação: Brochura Edição: 2003 Preço: de R$ 19,20 a R$ 24,80. Com um pouco de sorte, nas lojas Americanas por R$ 9,90

Sinopse do editor:  Elas manifestaram a contradição da vida numa obra transcendente e numa existência tortuosa. Todas expressaram, em corpo e obra, o luminoso e o escuro, a incógnita do ser em plenitude vital e em sofrimento,beleza,sabedoria e dor. Corpos Frágeis, Mulheres Poderosas resgata o vínculo de certas pessoas – todas mulheres – com esse companheiro terreno, freqüentemente mais estranho que a alma: o corpo. Frida Kahlo decide pintar a partir do acidente que a imobilizou. No auge da carreira, Jacqueline du Pré constata que sofre de esclerose múltipla. Simone Weil chega à mesma conclusão filosófica para duas instâncias: as purezas espiritual e física excluem necessariamente a ingestão de alimentos. Na comunidade dirigida por Gurdjeff, Katherine Mansfield encontra o lugar adequado para concluir uma longa travessia de males. As nove biografias deste livro pretendem mostrar de que maneira o corpo – protagonista e antagonista adquire um valor incomum na história dessas mulheres. Com rigor e sutileza, as autoras nos conduzem a um mundo simultaneamente cotidiano e assombroso, no qual os fatos e a psicologia revelam a verdadeira dimensão daqueles que fizeram do corpo o centro de um enigma.

Comentário do blog: o livro traz ainda um capítulo sobre a vida de Marie Curie, a perda de seu marido Pierre, a sua luta contra o preconceito e contra o câncer que haveria de matá-la e a sua superação ante todos os infortúnios. Leitura obrigatória e presente ideal para o Dia Internacional da Mulher.

Buscar na Web "CORPOS FRÁGEIS, MULHERES PODEROSAS"



Categoria: Avaliação
Escrito por gtelmo às 22h14
[] [envie esta mensagem] [ ]



BANCA DE REVISTAS

SUPERINTERESSANTE

http://www.superinteressante.com.br

Classificação:

CAPA Espíritos A crença no sobrenatural está marcada na história da maioria das civilizações. Agora a ciência tenta achar uma explicação razoável para as aparições de mortos. O que diz o espiritismo

Depoimentos:  IDÉIAS Mundo cor-de-rosa Queda na violência, cura do câncer, triunfo do amor... Otimistas, 5 das cabeças mais influentes do planeta dizem por que o palhaço Bozo tinha razão ao cantar "pra viver é melhor sempre rir".

ESPECIAL Jerusalém na selva Para os adeptos do Santo Daime, a cidade mais importante do mundo fica dentro da floresta Amazônica. A SUPER foi até lá. A boa nova do Juruá.

CIÊNCIA Vida eterna A ciência já sabe como dobrar a longevidade de alguns animais. A novidade é que ela está perto de fazer a mesma coisa com o ser humano. A vida eterna está ao nosso alcance?

HISTÓRIA Caça ao tesouro Junte os mapas, arrume a mochila e se prepare para achar os 6 tesouros mais misteriosos da história.

ZOOM Essa tal Lomo Câmera feita com padrão soviético de qualidade é a base de um movimento que pretende pôr abaixo todos os dogmas e fundamentos da fotografia. Vai ser moderno assim lá na Rússia! SUPERPAPO Como tudo começou: Edwin Black explica os motivos (e as conspirações) que nos viciaram em petróleo.

SUPERNOVAS Essencial Aquecimento global: agora é pra valer! Pôster Do cordeiro ao ketchup, saiba como a história mudou o cardápio de nossas refeições.

SUPERRESPOSTAS Quanto você contribui para o aquecimento global? As maiores tragédias em metrôs

SUPERMANUAL Tudo que você precisa saber para não ser atingido por um míssil teleguiado

Comentário do blog: A Superinteressante, apesar de ter bons consultores, não pode ser considerada uma revista científica. A capa já mostra o que afirmamos.A deste mês só merce nota 4 e está apenas interessante. (Não super)

Buscar na Web "SUPERINTERESSANTE"



Categoria: Avaliação
Escrito por gtelmo às 21h26
[] [envie esta mensagem] [ ]



BANCA DE REVISTAS

SCIENTIFIC AMERICAN

http://www.sciam.com.br

Classificação:

SCIENTIFIC AMERICAN DESTAQUES DA EDIÇÃO 58 - MARÇO 2007

COSMOLOGIA A Mão Invisível do Universo CHRISTOPHER J. CONSELICE Além de acelerar a expansão do Universo, a energia escura molda as galáxias e determina o espaçamento entre elas.  

PALEONTOLOGIA No rastro de um antigo matador RAYMOND R. ROGERS E DAVID W. KRAUSE As pistas estavam frias – os ossos de dinossauro na vala comum tinham 70 milhões de anos – mas investigações críticas levaram ao culpado.

CLIMATOLOGIA Metano, plantas e mudança de clima FRANK KEPPLER E THOMAS RÖCKMANN A surpreendente descoberta de que as plantas produzem um poderoso contribuinte do efeito estufa levanta questões sobre como administrar o aquecimento global.

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Silício que emite laser BAHRAM JALALI Enfim os cientistas aprenderam a fazer o silício emitir raios laser. Em breve, computadores e outros dispositivos utilizarão essa tecnologia. 

ELETRÔNICA TV digital, afinal? MICHAEL ANTONOFF A transmissão de TV analógica deverá terminar daqui a dois anos, mas seu legado tornará a transição para a TV digital complicada. 

NANOTECNOLOGIA Lego Molecular CHRISTIAN E . SCHAFMEISTER Pequenos tijolos moleculares que se encaixam com firmeza permitem aos químicos projetar e produzir estruturas em escala nanométrica em qualquer formato.

EVOLUÇÃO Beleza nota 10 BERNHARD FINK, KARL GRAMMER E PETER KAPPELER Homens e mulheres usam critérios diferentes para avaliar a beleza, mas em ambos o processo evolutivo teve influência decisiva na formação dos gostos

ZOOLOGIA Pescador habilidoso DAVID GRÉMILLET O cormorão é um dos pássaros marinhos mais eficientes na pesca. Antes considerada arcaica, sua plumagem revela extraordinárias adaptações ao ambiente.                                  

Bloco de notas Células-tronco: Visão restituída Clima: Mudanças monitoradas Inteligência: Raças e exames de Q.I. Física aplicada: Recarga de bateria sem fio. Neurotecnologia: Implante cerebral Astronomia: Água líquida em Marte Espaço: Sonda com guindaste aéreo. Tecnologia da informação: Conversas pela web Física: Uma nova teoria unificada Antropologia: Decifrando genes neandertais. Neuropsicologia: Dinheiro induz ao egoísmo Aquecimento global: Metano estabilizado. Comportamento: Adolescentes comportados. Ciência Planetária: Lagos em Titã. Perfil: Thomas E. Starzl Pioneiro dos transplantes sustenta que o tratamento com uma pequena quantidade de células alheias ao corpo pode substituir as drogas anti-rejeicão Inovação: Tempero Medicinal Gary Stix. Livros Primates and Philosophers: How morality evolved.

Comentário do blog: como sempre a revista está muito boa. Recomendamos. Já está nas bancas 

Buscar na Web "SCIENTIFIC AMERICAN"



Categoria: Avaliação
Escrito por gtelmo às 21h00
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]